Dicas de onde comer e beber bem em Florianópolis - CFL Imóveis
Nenhum comentário

Dicas de onde comer e beber bem em Florianópolis

De malas prontas para a Ilha da Magia? Nosso colunista indica bons endereços para matar a fome e tomar bons drinques.

A cidade possui uma beleza singular em razão das lindas praias que são envoltas por vegetações da Mata Atlântica preservada – engana-se quem afirma (e já ouvi isso) que Florianópolis possui apenas os famigerados “lugares para turistas”.

gastronomia de Florianópolis tem forte inspiração portuguesa em razão da colonização açoriana iniciada em 1746 – a Ilha de Santa Catarina tinha uma localização importante para os navegantes – e é focada em peixes e frutos do mar. Há também toques indígenas, o que se verifica em temperos e no uso de farinhas.

O resultado da junção dessas culturas é uma comida bem-feita e “com gosto”, presente em ambientes simples e bem servida. Exemplos? Pastel de berbigão, bolinhos e casquinha de siri, peixes e frutos do mar nos mais variados preparos e, é claro, ostras também servidas de diversas maneiras.

Portanto, aproveitando que nesta época Florianópolis é destino certo de muitas pessoas, indico a seguir 6 lugares para comer e beber bem na Ilha da Magia. Espero que provem e gostem.

Mar Massas
Fundado em 1989 por Ana Rita Benetti, o charmoso Mar Massas serve ótima comida e tem uma linda vista para a Lagoa da Conceição e para o mar de Jurerê.

Focado em comida italiana (que, ao contrário do que o nome induz a pensar, trabalha bem também com carnes), os destaques ficam com o Polpo Oro i Limone (polvo grelhado com alho e limão), Spaghetti Alle Vongole, Tortelli Allelluia (massa recheada com moranga e especiarias, molho pesto e camarões) e Lasagna di Carne e Funghi.

Rua Laurindo Januário da Silveira, 3.843, Morro do Badejo, Lagoa da Conceição, Florianópolis-SC.

Ostradamus
Ouso dizer que o Ostradamus é o restaurante mais famoso de Florianópolis e, diariamente, é a escolha de inúmeras pessoas (incluindo turistas como este que vos escreve). Tem à frente Jaime Barcelos, que se inspirou em viagens gastronômicas para Portugal e Canadá.

Embora o nome revele que as ostras são o ingrediente mais disputado no Ostradamus, o restaurante trabalha muito bem com pescados, polvo e camarão. Além das ostras que aparecem em diversas formas (de “in natura” à gratinada), há o Polvo da Andréia (com pimentões, e batatas ao murro), a Sinfonia dos Náufragos (espeto de camarão assado na brasa e servido com molho de ervas) e a Moqueca de Peixe.

Rodovia Baldicero Filomeno, 7.640, Freguesia do Ribeirão da Ilha, Florianópolis-SC.

The Wine Pub
Fundado por Fernando Araújo e Eduardo Araújo (pai e filho, respectivamente), The Wine Pub nasceu do hábito de Eduardo de frequentar Wine Bars para degustar e estudar, enquanto estudava na Court of Master Sommelier, na Califórnia, Estados Unidos.

Inaugurado em 2017, o The Wine Pub trabalha com cerca de 24 rótulos diários servidos em taça no sistema Wine Station, além de mais de 200 garrafas disponíveis nas prateleiras. A premissa é trabalhar centenas de rótulos que vão dos clássicos aos inusitados, vindos de pequenos produtores.

O sucesso é tanto que há unidades na Praia Brava de Itajaí, e em Gramado, no Rio Grande do Sul.

Rodovia SC-401, 4.150, Saco Grande, Florianópolis-SC.

Rosso Restaurante
Fundado por Alysson Muller (que também está à frente de outros restaurantes de destaque como Artusi e D.O. Pescador), não à toa conhecido como o “rei do polvo”, o Rosso Restaurante é focado em cozinha regional e também tem uma deslumbrante vista para o mar catarinense.

No cardápio, destacam-se o bolinho de garoupa (cremoso e crocante, como descrito no cardápio), a maionese de camarão ou polvo, o arroz de polvo e linguiça Blumenau e o polvo grelhado dos Açores (servido com abobrinha, batata ao murro e alho confit).

Rodovia Gilson da Costa Xavier, 201, Santo Antonio de Lisboa, Florianópolis-SC.

Marisqueira Sintra
Marisqueira Sintra é um restaurante focado em comida portuguesa e tem como fornecedores pescadores da região que atendem exclusivamente o local com peixes e frutos do mar fresquíssimos. Nele, é possível sentar-se à beira do mar, do outro lado da rua onde fica o restaurante, para comer ao ar livre. Mas se a escolha for no salão, vale apreciar os painéis de cerâmica portuguesa.

No cardápio, brilham bolinho de bacalhau, sardinhas fritas, pastéis de bacalhau, camarões à Guilho (refogados em azeite com alho e pimenta), diversas opções com bacalhau e arroz de polvo.

Rua Quinze de Novembro, 147, Santo Antonio de Lisboa, Florianópolis-SC.

Restaurante do Gugu
O tradicional Restaurante do Gugu, aberto em 1990, é mais uma ótima opção para quem quer comer frutos do mar em Florianópolis. Trata-se de um restaurante com ambiente familiar e sem luxos, mas com comida excelente.

No cardápio, é obrigatório pedir o bolinho de siri e o pastel de camarão de entrada, além das ovas de tainha fritas. De principal, sugiro a tainha escalada, linguado ao molho de camarão e o ensopado de berbigão.

Rua Antônio Adão Dias, 147, Sambaqui, Florianópolis-SC.

Fonte: CNN Brasil – Fred Sabbag – colaboração para o Viagem & Gastronomia.

Comentários (0)